quinta-feira, 7 de julho de 2011

08 - RISOS

− O-obri-i-gada você, Rooowling! – disse Roberta, aos prantos, apontando para a tela do computador.

− Não que eu me importe, mas o que é isso? – perguntou Murilo, da mesa ao lado.

− Eu to vendo o vídeo com o discurso da pré-estréia do último Harry Potter, é tão emocionante. – respondeu Roberta, um pouco mais controlada.

− Eu não entendo o porquê do drama – continuou Murilo, indiferente. – Daqui uns cinco anos o Will Smith deve anunciar a versão americana de Harry Potter, com o Bieber, a Willow e o Jaden Smith. E o Tom Cruise de Voldemort.

Ler completo

domingo, 26 de dezembro de 2010

MERRY PIZZMAS!

─ Eu ainda acho vacilo a gente não ter feito amigo-oculto ─ reclamou Jolie, terminando de enfeitar a árvore de Natal da sala.

─ Eu já falei que tenho trauma de amigo-oculto ─ começou Roberta, ajudando a colega com o pisca-pisca.

─ Ah, Roberta, todo mundo já ganhou um presente ruim, o que importa é a diversão ─ disse Penélope.

─ Fala isso pra uma garota de 13 anos que ganhou de amigo-oculto da escola um pacote de absorvente do garoto que ela gostava!

─ Caramba, pobrezinha! ─ comentou Jolie, sem se tocar. ─ Meu Deus, foi você?

─ Mas isso é passado, Roberta. Ninguém aqui é criança pra fazer isso ─ insistiu Penélope.

─ Ainda assim, eu não gosto de amigo-oculto. É uma situação que não tem como ganhar ─ continuou Roberta. ─ Você só ganha presente ruim e tem que sorrir pra foto.

─ Era só fazer uma lista de presentes. Problema resolvido.

─ Mas, Jolie, qual a graça disso? Tira toda a surpresa ─ disse Roberta. ─ É como ser o Johnny Depp e descobrir que o Burton tá com um projeto novo, não importa como nem quando, você sabe que estará lá pintando de branco.


sábado, 4 de dezembro de 2010

06 - EXCELENTE KUBITSCHEK


─ Putz, vocês viram isso de Papai Noel ficha-limpa em São Paulo? ─ perguntou Zéduardo para os outros na sala, enquanto corria os olhos pelo seu monitor.

─ Ai, Natal é uma época tão legal, eu fico feliz com todos os enfeites na cidade. Aliás, a gente deveria enfeitar nossa sala, né? ─ disse Jolie, olhando para Penélope, que sorriu em resposta.

─ Natal é tão brega, quem ainda acredita em Papai Noel? ─ perguntou Murilo.

─ É verdade. Eu acreditava em Papai Noel quando eu era criança, mas um Natal eu ganhei dele o curso de dança do Alfonso Ribeiro, e tipo, a única pessoa que sabia que eu queria era meu pai.

Todos olharam para Kaoma.

─ Oh. Eu nunca tive Papai Noel na família ─ comentou Penélope, com a voz triste.

─ Lá em casa meu pai costumava se vestir, mas hoje em dia nem cola mais ─ continuou Kaoma ─ Hoje é minha mãe quem se veste de Oprah e distribui presentes pros meus primos.

─ Espera um pouco ─ interrompeu Murilo. ─ Já são nove horas, cadê a Roberta?

segunda-feira, 15 de novembro de 2010

05 - TRUDUM TSSSS

Os três estagiários estavam concentrados usando o computador quando Kaoma entrou na sala de trabalhado, parecendo animado.

─ Nossa, alguém acordou com o pé direito ─ comentou Jolie.

─ É verdade, eu tive um insight ontem assistindo ao Faustão e decidi algo pra minha vida.

─ Comprar camisas psicodélicas? ─ perguntou Roberta, parecendo confusa.

─ Não, bem melhor. Eu vi o quadro dos novos humoristas e decidi me tornar um comediante stand up ─ disse Kaoma. ─ Na verdade, eu queria contar com o apoio de vocês.

No mesmo instante, Jolie, Roberta e Murilo trocaram olhares, num misto de surpresa e medo.

─ Hã... Apoio tipo dar reply com “hahahahaha” quando você estiver treinando piada no twitter, ou dar um follow friday dizendo que você é engraçado ou—

─ Não, Murilo. Prestigiar o meu stand up.

─ Deus. 

Ler completo

domingo, 24 de outubro de 2010

04 - F.I.U.K

Roberta, sentada em frente a seu computador, deu um longo suspiro e repousou o queixo sobre mão. Ela então olhou para Murilo e Kaoma, também visivelmente entediados.

Seus olhos começaram a pesar e quando ela estava pronta pra tirar um cochilo, a gargalhada de Jolie a interrompeu e a despertou.

─ Meu Deus, isso é muito engraçado!

─ Você- você tá vendo TV na internet? ─ perguntou Roberta, incrédula.

─ Eu sinto muito, mas eu já tirei xerox dos relatórios, da carteira de identidade do Zéduardo, já mandei os emails para os outros setores, organizei todos os arquivos desse computador em pastas por meses e já separei as fotos do Orkut da Penelope em “álbuns de viagem”, “momentos especiais”, “esses moram no coração” e “apenas eu”, como ela me mandou. Eu mereço uma folga.

─ Tem razão. É que, nossa, quando eles vão passar algum trabalho pra gente?

─ Desculpa aí, mas foram 789 fotos. Não foi moleza.

Enquanto isso, do outro lado da sala, Zéduardo dava socos em sua mesa.

─ Caramba, esse job é mais complicado do que eu pensei. Eu vou ter que virar noite pra entregar no prazo ─ disse.

Instantaneamente, todos os quatro estagiários arregalaram os olhos, prontos para ter sua primeira oportunidade de trabalho.

Ler completo

domingo, 28 de fevereiro de 2010

03 - PROVA DA LIDERANÇA

– Pode pegar pra mim, Murilo, por favor? – pediu Roberta, apontando pro seu pacotinho de post-it, no chão.

– Não. Eu vi você derrubando de propósito.

– Oh, sério? – disse Roberta, bufando.

– Pessoal, eu tenho que resolver um-- Cadê o Zéduardo? – perguntou Penelope.

– Ele ainda não chegou. – respondeu Jolie.

– Então eu tô dando satisfação pra estagiário?

E Penelope saiu da sala, balançando a cabeça.

Ler completo

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2010

02 - PROVA DE RESISTÊNCIA


– Como assim, demitir alguém? Essa empresa não é séria? Nós passamos por uma bateria de testes! – exclamou Roberta, indignada.

– Eu já tinha até feito assinatura de internet mais rápida... – disse Kaoma.

C’est la vie – cortou o presidente. – Para resolver o problema, e demitir da maneira mais justa possível, eu proponho um desafio.

Imediatamente, o presidente apertou outro botão em seu computador, que reproduziu a vinheta do plantão da Globo.